Aquecedores de água à gás – O problema não é só do morador

Aquecedores de água à gás

Muitos aspectos podem ser abordados sobre os aquecedores, podemos tratar o consumo de gás, de água, descarte apropriado de materiais e segurança e por isso também deve ser uma preocupação do administrador do condomínio, além dos moradores.

O primeiro passo é a escolha de um equipamento classificado como de eficiência enérgética tipo A e contratar a instalação de um profissional capacitado, que garantirá o seu bom funcionamento e a segurança. Isso é o básico para qualquer aquecedor, existem diversos tipos no mercado, com diferentes caracteristicas e formas de acionamento.

Local de instalação

Em condomínios novos ou durante obras, quando possível é interessante a instalação dos aquecedores em local próximo de onde será o uso (chuveiro ou torneira), a água fria que está no cano e o tempo para aquecer provoca perda da água fria, além do fato de haverem perdas de calor durante o trajeto da água. Essa água pode ser coletada em baldes ou bombonas para rega de plantas ou despejo no vaso sanitário, a perda pode chegar de 10 a 15 litros por banho, em um grande condomínio isso se transforma em milhares de litros, no caso do meu condomínio são mais de 1.500 litros de água totalmente limpa perdidos todos os dias.

Existe no mercado um aquecedor para chuveiros adequado para banheiros com ótima circulação de ar, este elimina perdas de calor e por estar conectado direto ao chuveiro não desperdiça a água fria presente no cano.

Quase todos os problemas vêem depois da instalação do equipamento, que é a correta regulagem e manutenção, e é por isso que a revisão deve ser lembrada, cobrada ou contratada pelo condomínio e ocorrer de forma periódica.

Itens que devem ser verificados

  • Vazão da água – não coloque a vazão da água no máximo, sempre sairá mais água do que necessita, gerando desperdício.
  • Controle da chama dos queimadores – a regulagem muito alta da chama pode causar o desperdício tanto de gás quanto de água.

Imagine que o seu aquecedor aquece a água a uma temperatura superior aquela que você suporta, para isso você tem duas alternativas pouco sustentáveis, a primeira aumentar o fluxo da água com consequente redução da temperatura, mas com aumento de consumo de água, a segunda opção seria ligar a água fria, que misturada à quente a resfriaria, nesse caso você já gastou gás para aquece-la e depois teve que resfriá-la.

A solução é controlar a vazão do gás no registro, de modo a garantir que a quantidade de água seja suficiente e que a temperatura esteja ideal.

Hoje já existem aquecedores com sensores de temperatura que controlam a da chama e entregam a água na temperatura ideal, é o mais recomendado para quem pode gastar um pouco a mais.

  • Pilhas – grande parte dos aquecedores funcionam com pilhas, aqui estão dois problemas, o primeiro é a falta de troca periódica, as pilhas velhas retardam o acionamento da chama enquanto a água continua a correr, a demora no aquecimento da água gera desperdícios principalmente nos banhos. Nesse caso recomendo a troca das pilhas e o uso de pilhas alcalinas com maior capacidade e tempo de uso.

Descarte – Lembro que as pilhas NUNCA devem ser jogadas no lixo comum, elas possuem metais pesados altamente poluentes. Alguns lugares recolhem e reciclam as pilhas e baterias usadas, um exemplo é o Banco Santander.

Resumo de recomendações

  • Compra de equipamento eficiente
  • Instalação segura e em local próximo ao uso
  • Controle da vazão de gás e água
  • Troca periódica e descarte adequado das pilhas

 

condominiossustentaveis@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: