Posts Tagged ‘sustentabilidade’

A Sustentabilidade e o Circo

A Sustentabilidade e o Circo

image description

 

Na verdade podemos ser sustentáveis em qualquer meio em que estivermos inseridos, ontem foi o dia em que tive o prazer de palestrar para 40 alunos, professores e diretores da Escola Nacional de Circo.

Dando um enfoque fora do comum, assim como abordo a sustentabilidade nos condomínios, tentei mostrar aos alunos a importância da sustentabilidade, como fazem parte de um todo, seu papel influenciador e agentes do compartilhamento de conhecimento.

Mais do que isso, foi apresentado modelos e meios práticos de reduzir consumo e emissões com base em processos, procedimentos, cálculo de consumo, noções de eficiência energética e principalmente nas formas de aquisição de equipamentos, que por sua caraterística itinerante demanda novas soluções e muita criatividade.

 

circo

 

É claro que o básico também foi abordado como a criação da horta orgânica, coleta seletiva, reciclagem e reaproveitamento, assim como a importância de maior engajamento do poder público no incentivo a adoção de políticas de inclusão.

A apresentação contou com grande participação de todos o que transformou a palestra em um verdadeiro debate, com apresentação de dúvidas, ideias e sugestões que esperamos possam se transformar em iniciativas promissoras.

Termino esse post agradecendo a responsável pelo projeto de cidadania da Escola Nacional de Circo, a Sra. Liriana Carneiro pelo convite e me coloco sempre a disposição para ajudar as iniciativas a sairem do papel pois, afinal de contas, palavras influenciam mas são as ações que mudam o mundo.

Renato Moreno Munhoz

renato@condominiosimples.com.br

Anúncios

Ban Ki-moon defende ações locais para gerar sustentabilidade global

Condomínios Sustentáveis alinhado com o Rio+20

Hoje lendo a reportagem do G1, me remeteu ao artigo que escrevi ontem,  Pense Global, aja localmente . Acreditamos na mesma coisa, que as cidades têm papel fundamental para alcançar a sustentabilidade plena, e os milhões de residências e condomínios têm muito a contribuir

 

Segue a reportagem do G1 na íntegra.

Ban Ki-moon defende ações locais para gerar sustentabilidade global

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, defendeu na tarde desta quinta-feira (21) que ações realizadas no nível regional e local são essenciais para uma política global de desenvolvimento sustentável. Segundo ele, é preciso andar cada vez mais perto de governos locais e líderes em todo o mundo para criar modelos de ação que podem ajudar a criar sustentabilidade.

“As cidades de todo o mundo estão na vanguarda do desenvolvimento de tecnologias que ajudam no desenvolvimento sustentável. O que é local é global, e o global é local”, disse, citando a capital paranaense como um bom exemplo. “Aqui no Brasil, Curitiba é um modelo global”.

 

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, durante apresentação na Rio+20 (Foto: Daniel Buarque/G1)
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, durante apresentação na Rio+20 (Foto: Daniel Buarque/G1)

Para Ki-moon, cada pais é uma soma de cidades “e as soluções passam por governos locais.” Segundo ele, a maior parte dos problemas relacionados à sustentabilidade se manifestam exatamente nas cidades, e portanto é nas cidades que devem surgir as soluções para os problemas.

O discurso foi realizado na área ao lado do Riocentro, onde chefes de Estado e governo participam do segmento de alto nível da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.

“Saímos daqui com mais compromisso local para mudança. É preciso ter liderança regional. Desenvolvimento urbano é chave do desenvolvimento sustentável”, disse Ki-moon. “o Rio nao é o final do nosso processo, é apenas o começo.”

O secretário-geral das Nações Unidas participou de uma apresentação sobre liderança e sustentabilidade para o mundo urbano em 2030. O evento foi organizado pelo Iclei – Governos Locais pela Sustentabilidade, uma associação global de governos locais que defendem ações ligadas ao desenvolvimento sustentável. Ali foi apresentada a “Mensagem para o Rio”, documento de conclusão do congresso da Iclei com o posicionamento oficial do grupo para a Rio+20s governos locais para a Conferência da ONU.

Antes da apresentação do secretário-geral da ONU, a ministra do Meio Ambiente da Dinamarca, Ida Auken, elogiou avanços da Rio+20 no sentido de incentivar ações locais de sustentabilidade. “É a primeira vez que conseguimos uma declaração tão global que dá atenção a iniciativas locais”, disse.

 

 

Reprise no dia 23/06 – Debate sobre Sustentabilidade

Reprise – Debate sobre Sustentabilidade

 

Vai ao ar dia 23/06 às 17h no programa Arena Universitária, a reprise do debate sobre sustentabilidade  em que participei com representantes da sociedade, Comlurb, Light, Sebrae, além de professores e  alunos da UVA – Universidade Veiga de Almeida – que fizeram perguntas e enriqueceram a discussão.

Nessa edição foram abordados os temas: atitudes sustentáveis e consumo responsável. NÃO DEIXEM DE ASSISTIR!

 

Canal 11 da NET-Rio

 

O que é o Arena Universitária?

Assuntos polêmicos, universitários questionadores e profissionais de diversas áreas. Essa é a mistura do programa Arena Universitária. Um debate democrático que conta com a participação dos alunos, professores e profissionais de mercado.

http://www.uva.br/tvuva/categoria/arena

 

***************************************

Renato Munhoz – 21-9432-2321

www.twitter.com/c_sustentaveis

https://condominiossustentaveis.wordpress.com

Pense Global, aja localmente

Pense Global, aja localmente


Parece que as nossas pequenas ações nada mudarão a nossa relação com a sustentabilidade, mas como diz o ditado: “de grão em grão que a galinha enche o papo”; podemos sim fazer a diferença.

Certamente algumas dessas ações não terão efeito sentido no local onde você mora, mas por exemplo, a redução do consumo de energia elétrica, por menor que seja, se for adotado por muitos poderá se refletir em ganhos enormes.

As cidades estão consumindo mais energia do que nunca, é o custo da comodidade, podemos nos damos à esse luxo e muita coisa pode ser feita para minimizar esse impacto, algumas extremamente simples, sem comprometer o conforto.

O aumento do consumo nos faz ir atrás de cada vez mais fontes de energia, sejam limpas ou as teoricamente limpas como as hidreletricas, que dependem de desmatamento e alagamento de áreas.

 

Nesse ritmo precisaremos de quantas novas Belo Monte?

 

Pensando nisso, e tentando minimizar a nossa pegada no planeta, elaborei um conjunto de ações simples que podem parecer clichê, mas que se adotados em sua maior parte pela maioria das pessoas, poderemos começar a sentir algum efeito direto nas nossas vidas.

 

Dicas simples:

 

1. Valorize a luz natural, mantenha suas cortinas abertas.

2. Pinte as paredes de casa com cores claras e ecológicas.

 


3. Dê preferencia a comprar produtos fabricados e comercializados próximos de sua residência, nada contra os chineses, mas seus produtos são produzidos com matriz energética à base de carvão e o transporte emite toneladas de CO2.

 

4. Retire aparelhos e carregadores das tomadas quando não estiverem em uso.

5. Reduza o brilho do monitor do computador.

 


6. Evite o uso de lâmpadas incandescentes, prefira lâmpadas fluorescentes e de LED, compre lâmpadas de boa qualidade, lâmpadas muito baratas têm normalmente vida útil menor.

 

7. Use menos o carro, prefira a bicicleta, caminhadas e fazer compras nos mercados próximos, com uso de carrinhos e ecobags.

 

8. Faça uma pequena horta de temperos e ervas, dá vida à casa e produtos de qualidade garantida. http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/casa/conteudo_411077.shtml

 


9. Plante uma árvore, ahh não tem espaço e nem tempo? A SOS Mata Atlântica pode fazer isso por você através do www.clickarvore.com.br

 

****************************************

Renato Moreno Munhoz – 21-9432-2321

sindicoeasyway@gmail.com

http://www.twitter.com/c_sustentaveis

Contribuindo para a Sustentabilidade no Trânsito

Contribuindo para a Sustentabilidade no Trânsito

Como conciliar uma relação que envolve desejo, tecnologia, velocidade, poluição, (i)mobilidade e liberdade em um planeta cada vez mais complexo e caótico?

O apelo pelo consumo despeja a cada dia mais alguns milhares de veículos nas ruas das cidades sem uma política de retirada de carros, ônibus e caminhões antigos e altamente poluidores.

Sem políticas públicas que melhorem a vida das pessoas, com um programa de retirada de veículos velhos e implantação de ciclovias com incentivos aos usuários de bicicletas, além de (não) contarmos com um transporte público eficiente, resta para muitos como última alternativa o carro. Mesmo assim é possível dar a sua pequena contribuição para reduzir a emissão de gases de efeito estufa.

Todo mundo sabe que o anda-e-para do trânsito das grandes cidades é um grande vilão para o bolso do consumidor e também para a vida útil das peças do automóvel.

Assim como é importante realizar a manutenção preventiva de alguns componentes regularmente, com a intenção de evitar gastos ainda maiores, mudar alguns hábitos na direção pode ajudar a economizar combustível.

Mudança de hábito

 

Economizar o combustível é sinônimo de mais dinheiro na carteira. Veja as dicas a seguir e aprenda a melhorar o desempenho do veículo:

1. De repente: evite acelerar ou frear bruscamente quando não for necessário;

2. Janelas fechadas: principalmente na estrada, dê preferência por andar com as janelas fechadas, pois a redução da resistência do ar é revertida na economia de combustível;

3. Chega de peso: não carregue mais peso do que a capacidade de seu carro. O consumo será maior e irá acarretar um desgaste da suspensão, dos freios e dos pneus. Cada 50 kg de peso excedente no veículo serão responsáveis pelo aumento de 1% no consumo de combustível;

4. Atalhos: procure caminhos alternativos. Às vezes é mais vantajoso andar um pouco mais do que ficar no anda-e-para dos engarrafamentos;

5. No giro certo: respeite o conta-giros, troque as marchas na rotação indicada;

6. De olho no frentista: não encha o tanque de combustível até a boca, pois uma parte deste combustível acaba se perdendo pelo bocal ou pela válvula de alívio. Por isso, peça para o frentista encerrar o abastecimento assim que o gatilho da bomba desarmar;

7. Lembre-se de abastecer: não ande com o tanque na reserva, pois essa atitude faz com que resíduos que ficam no fundo do tanque sejam sugados para dentro do motor, entupindo os bicos injetores;

8. Enchendo de ar: calibre semanalmente os pneus, pois quando eles estão abaixo do indicado pelo fabricante do veículo, o consumo de combustível aumenta;

9. Tire a chave: sempre que o veículo for ficar parado por mais de dois minutos, desligue o motor;

10. Controle o consumo: crie o hábito de anotar a quantidade de combustível abastecida e a quilometragem percorrida. Use uma planilha para acompanhamento e, a qualquer sinal de aumento de consumo, procure um mecânico.

O ideal é deixar o carro em casa, faça isso sempre que possível, priorize fazer as suas compras perto de casa, use carrinhos de compras e ecobags, utilize mais a bicicleta e os meios de transporte coletivos. Pratique a carona solidária, saia com a família, ao invés de sair um em cada carro, por exemplo.

Atitudes sustentáveis dependem de mudanças de hábitos urgentes, vamos colocá-los em prática. A chave da sustentabilidade é o equilíbrio.

************************************

Renato Moreno Munhoz – 21-9432-2321
sindicoeasyway@gmail.com

http://www.twitter.com/c_sustentaveis

Debate sobre Sustentabilidade – TV UVA – Arena Universitária

Debate sobre Sustentabilidade

Vai ao ar dia 16/06 às 17h no programa Arena Universitária, um debate sobre sustentabilidade  em que participei com representantes da sociedade, Comlurb, Light, Sebrae, além de professores e  alunos da UVA – Universidade Veiga de Almeida – que fizeram perguntas e enriqueceram a discussão.

Nessa edição foram abordados os temas: atitudes sustentáveis e consumo responsável. NÃO DEIXEM DE ASSISTIR!

Canal 11 da NET-Rio, com reprise dia 23/06 às 17h.

O que é o Arena Universitária?

Assuntos polêmicos, universitários questionadores e profissionais de diversas áreas. Essa é a mistura do programa Arena Universitária. Um debate democrático que conta com a participação dos alunos, professores e profissionais de mercado.

http://www.uva.br/tvuva/categoria/arena

***************************************

Renato Munhoz – 21-9432-2321

www.twitter.com/c_sustentaveis

https://condominiossustentaveis.wordpress.com

Síndico Profissional – Terceirização de Aborrecimentos

Síndico Profissional

 

Apesar de dar grande ênfase à questão da sustentabilidade, esses últimos anos como síndico me fizeram enxergar de forma diferente a administração condominial como um todo, com grande preocupação em garantir excelência operacional e atender as questões legais,  sem perder o controle dos gastos, melhorando como um todo a vida dos moradores, seja pelo bem-estar de morar em um lugar onde exista zelo com a limpeza e áreas comuns, assim como, o respeito  ao orçamento e consequentemente ao suado salário de cada condômino.


Desta forma hoje me sinto seguro para oferecer os meus serviços à outros condomínios, de forma a tentar replicar a fórmula de sucesso alcançada no meu condomínio.

Nunca cogitei a possibilidade de oferecer um serviço por oferecer, e sim somente com a certeza de estar bem preparado e proporcionar um ótimo trabalho, para isso formei uma equipe excepcional para garantir máxima eficiência operacional para condomínios da Zonal Sul do Rio de Janeiro e Tijuca.


Dentre todas as ações legais e desejáveis que cabem ao síndico, destaco os pontos abaixo:


1.   Atendimento a Legislação e as decisões tomadas nas assembleias

2.   Acompanhamento da inadimplência e estratégia de negociação dos valores em aberto, tomando ações rápidas que mitiguem o déficit financeiro.

3.   Implantação de procedimentos de convivência entre moradores,  campanhas educativas e sociais para redução de conflitos internos.

4.   Realização de previsão orçamentária que atenda às necessidades e desejos dos moradores assim como as exigências legais, evitando gastos inesperados.

5.   Criação de um cronograma de manutenção preventiva e administração de contratos de prestação de serviços para que atendam às necessidades do condomínio, dentro dos prazos, com redução de custos e máxima qualidade.

6.   Análise para redução do consumo e administração de estoque de produtos de limpeza e elétricos, com o uso do produto certo para cada necessidade e obrigação do uso dos EPIs – Equipamentos de Proteção Individual – adequados para cada atividade.

7.   Implantação de um processo de compras transparente que propicie a redução dos valores de aquisição de produtos e serviços.

8.   Supervisão de funcionários, uniformes, postura, asseio e administração de conflitos.

9.   Análise do perfil do condomínio para implantação de práticas sustentáveis, ações de redução de água e energia elétrica, coleta seletiva e outros.


Atividades extras


Estamos aptos a oferecer muitos serviços extras às atribuições básicas do síndico, inclusive para condomínios que pretendem manter seus síndicos atuais, tais como manutenções elétricas e hidráulicas, recrutamento, seleção e supervisão de pessoal, folhas de pagamento,  cobranças judiciais e extrajudiciais, seguros, consultorias diversas etc. Ou seja, daremos suporte a todas as atividades complexas que ocupem o tempo dos síndicos, resultando em perda de  foco daquilo que é realmente importante.


Renato Moreno Munhoz – 21-9432-2321

sindicoeasyway@gmail.com

www.condominiossustentaveis.wordpress.com

%d blogueiros gostam disto: